Pais Modernos

Não há nada que reproduza melhor o que é ser pai hoje em dia do que esse documentário das minhas amigas da Limo Inc.

Cada um de seus 10 minutos valem a pena de serem assistidos, se possível com uma caixinha de lenço ao lado. Porque afinal, mesmo que nós homens não choremos, pode ser que o seu olho sue um pouco, assim como o meu suou (deve ser o calor).

Pais Rehab from Limo Inc on Vimeo.

Gostou?
Feliz Dia dos Pais!

12 agosto, 2011 at 8:27 pm 1 comentário

Você compra fraldas? Então responda a esta pesquisa!


Recebi o email abaixo da Giovana Iódice, estudante da USP-SP e parte da empresa júnior da FEA.
Ela me disse, em off, que estão desenvolvendo um modelo de fralda auto-limpante, que não vaza, e dura por até 5 dias.*

Sou Giovanna Iodice, aluna da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Além disso, participo da FEA júnior USP, empresa júnior da faculdade. A empresa júnior é uma entidade estudantil sem fins lucrativos que visa a aplicar na prática os conhecimentos teóricos visto em sala de aula.
No projeto que estou realizando atualmente, junto à FEA júnior, foi nos pedida uma pesquisa sobre fraldas infantis. Portanto, eu gostaria de pedir a sua ajuda e saber se é possível que você veicule o link da nossa pesquisa em algum espaço do seu site.  (…)
Desde já, obrigada. Sua colaboração será essencial na qualidade do projeto que será entregue.
Atenciosamente,


Giovanna Iodice
Área de Consultoria

Se você, assim como eu, tá a fim de ajudar a Giovana, acesse a pesquisa clicando na imagem ou aqui e responda.
É rapidinho!

*você não acreditou nessa parte, acreditou?

update: os links para a pesquisa foram corrigidos. Vai lá!

29 outubro, 2010 at 8:02 pm 1 comentário

É um garoto, que como eu…

Beatles BabyAmará os Beatles e os Rolling Stones!

Sim, eu sei que a projeção é o primeiro passo pra decepção, mas enquanto o Rafa não tiver sua própria opinião, por que não moldá-lo à nossa maneira?

Afinal, não há nada que algum tempo de terapia não resolva…

Nesta semana ganhamos dois presentes que nos surpreenderam, e que vão justamente contra o post logo abaixo desse. Ambos de duas lojas que não conhecíamos e que são bacanérrimas.

É um garoto, que como eu...O primeiro deles, dado pela tia Rubi, é um body com estampa dos Rolling Stones, da loja Santa Paciência.

Aproveitamos um dia desses para ir visitar a loja e comprar um presente pra outra amiga grávida e, o que encontramos por lá é surpreendente: bodies com estampas dos Ramones, Beatles, Janis Joplin, Hendrix, apliques diversos, e uma combinação de cores fantásticas! Além, é claro, de brinquedos educativos e livros super diferenciados.

É um garoto, que como eu...O segundo presente, dado pela tia Van, também é um body, mas este com estampa de toy art! Um barato. É da loja MiniHumanos, que ainda não tivemos a chance de visitar.

Essas são apenas duas das opções que acabamos conhecendo pra acabar com aquele que, além de deixar nossos pimpolhos bem sem-gracinhas, ainda vem carregado de gordura trans. Xô pastel!

Em tempo, recebi duas dicas nos comentários do post anterior de duas outras lojas: a Bebê Básico e a Camiseteria – tks Raphael e Felippe.

japoniqueBÔNUS: Na visita que fizemos à loja da Santa Paciência da rua Girassol conhecemos também a Japonique, loja de comidas e badulaques do Japão que fica exatamente em frente. Se você gosta de culinária oriental, de sorvetes com sabores esquisitos, está atrás de um curso ou simplesmente de alguns badulaques, a visita é obrigatória!

2 fevereiro, 2008 at 4:00 pm 14 comentários

Meu filho não é pastel!

pastelfralda copy Já imaginava que seria difícil comprar roupas infantis.

Mas sempre achei que a dificuldade estaria em escolher entre os vários modelos disponíveis, um mais bonito que o outro, miniaturas das roupas do nosso dia-a-dia.

Ledo engano.

Como é difícil comprar qualquer peça masculina que não seja azulzinha, verdinha ou amarelinha.

Todas as corezinhas, bonitinhas, pasteizinhas, bem neutrinhas.

Gente, me desculpem, mas a última coisa que quero é um filho inho.

Quero vestir o moleque de azulzão, amarelão, vermelhão, laranjão. Tudo ÃO!
(menos verdão, porque ele é sãopaulino)

Será que é pedir muito?

Ou o caldo-de-cana acompanha?

 

PS. Esse não é um post patrocinado pelo Estadão!

22 janeiro, 2008 at 6:45 pm 10 comentários

O bebê saltador

stomping_bean1 Seguindo a série de ansiedades iniciada aqui, com os 3 meses completos fomos à clínica do Dr. Sang pro exame morfológico.

Pra começar, esse exame com nome de análise gramatical nada mais é do que, pra leigos como eu, um ultrassom super potente e de alta definição através do qual o médico é capaz de analisar medidas e desenvolvimento do feto.

Com essas medidas ele consegue ver se aquela coisinha ali na tela, que ele jura que é seu filho, é uma coisinha com desenvolvimento normal ou alguma irregularidade.

Já dá pra imaginar o nível de ansiedade do casal pra esse exame né?!

E pra nós, pais, só piora, porque temos que fingir que está tudo bem. Afinal somos homens, fortes, não choramos, e todas aquelas mentiras que repetimos todos os dias.

Mas estávamos em boas mãos. O doutor Sang, apesar de palmeirense, é muito divertido e uma das sumidades da área.

Mas e o exame? Dá pra parar de enrolar e contar logo?

Uma mistura de alívio e emoção.
Foi assim que nos sentimos.

Aquele trequinho que tava na tela está ótimo. Saudável, dentro das curvas de normalidade, com boa formação! E o que é mais legal, com um tremendo soluço!

bouncing baby
clique para ver o vídeo no Vimeo

16 janeiro, 2008 at 6:54 pm 2 comentários

O quarto

Como disse no post anterior, definimos a temática do quarto com auxílio da revista Decora Baby.

Escolhemos uma derivação da temática de “Safari” criada pela Ri-Pô-Pi, uma das mais legais e criativas que vimos. Pra ficar um pouquinho diferente do oferecido optamos por manter somente o macaco como personagem do quarto, tirando o leão, a girafa e o tigre que também compõem a decoração.

Assim, criamos a temática Quarto do Macaco!

A experiência com as duas lojas relato abaixo:

Ri-Pô-Pi:
A compra foi de certo modo tranquila.

Por serem feitos artesanalmente, a média de preço dos produtos oferecidos é alta. Algumas coisas valem a pena, outras chegam a ser um despropósito. Dá pra fazer parte da decoração com eles por um preço adequado, desde que se analise o custo x benefício de cada item.

A entrega atrasou e aí, não tem vendedora que ajude. Rolou uma certa enrolação na hora da entrega e alguns itens vieram errados ou faltando (caso dos puxadores).

Pelo valor cobrado pela loja isso não podia ter acontecido. Indico com ressalvas, quanto ao preço e quanto à qualidade da entrega.

Criativamente são insuperáveis e a poltrona de amamentação das mais confortáveis.

Berta Gonçalez:
Demos sorte e fomos atendidos pelo próprio dono que estava na loja devido ao grande movimento.

Descobrimos que móveis infantis são quase commodities, todas as lojas vendem praticamente as mesmas linhas, mudando apenas o material utilizado (MDF ou madeira maciça).

É justamente aí que está o “pulo-do-gato” da Berta Gonçalez. Eles são a única loja (das que vimos) a venderem móveis híbridos, meio maciço/ meio MDF. Como disse o próprio dono “Pra que fazer o fundo do armário maciço? É um desperdício de matéria prima!”.

O resultado é que seus móveis têm a mesma rigidez de construção de um móvel maciço, com quase 30% menos do seu preço. Ótimo negócio!

O prazo foi cumprido e a entrega foi ok. O único senão ficou por conta da “sujeira de fabricação” dos móveis entregues, com pó de madeira e laqueação por todo o lado. Haja paninho.

Indico totalmente. O custo x benefício foi imbatível, e ainda ganhei o berço de presente do meu irmão (valeu mano!).

Sem falar que no site eles possuem um Projeto Virtual, com a dimensão de todos os móveis pra gente brincar de arquiteto. Muito bom!

Ficou curioso?

Confira abaixo uma palhinha de como ficou.

15 janeiro, 2008 at 12:59 pm 5 comentários

A gravidez é… bela!

tuca Não é nenhuma verdade, claro.

Mas por mais que você canse de repetir a frase acima, quase que como um mantra, tudo o que vai ouvir em troca é:

Imagina! Estou uma baleia, estourando.
Pareço um bujão, vestido com lona de circo.
Não consigo nem mais enxergar meu pé…

E por aí vai…

Fazer o que?
Eu sei lá, não sou conselheiro amoroso

O que eu faço?
Bom, eu dou uma risada, acaricio sua barriga e, após um beijo, digo que sim, ela está mais linda do que nunca.

Se adianta?
Claro que não, mas pelo menos ganhei o beijo.

19 dezembro, 2007 at 7:40 pm 1 comentário

Posts antigos


Lista de Enxoval

Faça o download de uma lista de enxoval para pais que não sabem o que comprar e muito menos por onde começar, clicando no formato preferido:


googledocs

excel_icon

PDF-icon